Acta da installação do “Club de Lavras”

Aos doze dias de Agosto do ano de mil novecentos e vinte e oito, teve lugar no Theatro Municipal desta cidade, ‘as duas e meia da tarde, mais ou menos, a presente reunião, para o fim de se fundar um club littero recreativo, comparecendo grande número de senhoras, senhoritas e cidadãos.

Usou da palavra o sr. Nélson de Paiva Ferreira que, em substancioso discurso, explicou os fins do club e, em seguida, convidou para presidir a sessão, o Dr. Humberto Gusmão, designando este para seus secretários os srs. Dr. Cyro Costa e Herculano Pitta de Andrade.

O Dr. Humberto Gusmão fez eloqüente discurso, findo o qual franqueou a palavra. Usou dela o Dr. João Silva Penna. Disse achar conveniente o seguinte: que o nome do club seja Club de Lavras, que deve haver nos Estatutos um artigo prohibindo conversas políticas, que federal, estadual ou municipal, no recinto do Club, que não se deve cogitar só do prédio, mas instalar de qualquer maneira o club.

O Dr. Delphino de Souza propoz se os Estatutos ou se nomeasse uma comissão para estuda-los. Dada a palavra para a assembléia se manifestos a respeito, usou della o Dr. João da Costa Ribeiro, que achou melhor distribuísse um prospecto geral da associação e um largo tempo para estuda-lo. Tomou a palavra o Dr. Delphino de Souza, que propoz se nomeasse uma comissão de trez membros, para examinar os Estatutos. Posta em discussão a proposta dos Drs. Delphino de Souza e João da Costa Ribeiro, foi a mesma unanimente aprovadas ficando o sr. Presidente autorizado a nomear os membros da alludida comissão, que assim ficou constituída: Dr. João Silva Penna, Dr. João da Costa Ribeiro e Dr. Delphino de Souza.

O sr. Presidente disse ser necessário nomear uma directoria provisória, para dirigir os trabalhos futuros, propondo o Dr. João da Costa Ribeiro que a Directoria provisória ficasse constituída pelos membros actuais, sendo esta proposta acceita por todos.
Por proposta do Dr. Delphino de Souza a seguinte sessão ficou marcada para o próximo domingo, no mesmo local e hora da presente.
O sr. Presidente deu como encerrada a sessão e disse que considerava fundado o Club, convidando todos para a matineé dansante que, a seguir, ia se realizar no Bar do Theatro.
E nada mais havendo que tratar, lavrei a presente acta que assigno. - Humberto Gusmão



ACONTECIMENTOS HISTÓRICOS

Getúlio Dornelles Vargas


Lavras há 81 anos vivia um dia de grande animação, pois pela primeira vez um presidente da República visitava a cidade, era Getúlio Dornelles Vargas. A visita ilustre aconteceu no dia 25 de fevereiro de 1931. Getúlio chegou em carro ferroviário especial à Estação da Oeste de Minas às 19h, em seguida, o presidente Vargas foi saudado pelas autoridades local e pela multidão que se acotovelava na praça Dr. José Esteves. Em bonde especial, Vargas subiu até a praça Augusto Silva, ao som do Hino Nacional, foi ovacionado ruidosamente pela multidão que o esperava e pelas pessoas que corriam atrás do bonde desde a estação ferroviária.
A Prefeitura Municipal, em nome da cidade, ofereceu ao presidente Vargas e sua comitiva, um coquetel no salão nobre do Clube de Lavras, onde foram recebidos com palmas e flores.


O Dr. Sabino de Almeida Lustosa, juiz de direito da comarca, saudou o visitante ilustre. O Presidente agradeceu a saudação e abraçou o orador declarando que "na pessoa da primeira autoridade Judiciária da Comarca, abraçava toda a cidade de Lavras."
Depois, o presidente Vargas e sua comitiva seguiram para a Estação e, às 21h, partiu para a estância hidromineral de São Lourenço, recebendo significativa manifestação do povo lavrense.


Fizeram parte da comitiva de Vargas as seguintes autoridades: Noronha Guarany, secretário da agricultura de Minas Gerais, representando o governador Wenceslau Braz; coronel Paschoal, oficial de ordem; Walter Sarmanho, secretário particular; comandante Pereira Machado, ajudante de ordem; Dr. Florêncio de Abreu, médico particular de Vargas; Salgado Filho, 4º delegado auxiliar; Bretas Bhering, diretor da Oeste de Minas; jornalista João Batista França, representando os Diários Associados; Caio Júlio, pelo jornal "O Estado de Minas"; Idelfonso Martins, pela "A Pátria."


Juscelino Kubitschek


Há 48 anos Juscelino Kubitschek chegava a Lavras para o Baile do Século. O dia que Lavras parou para receber o ex-presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, para participar do Baile do Século. Juscelino Kubitschek e Judy Maceira, no Clube de Lavras, no Baile do Século (Foto: arquivo da família Maceira, cedida ao Jornal de Lavras) 




 

 

FOTOS

CLUBE DE LAVRAS

Conforto para seus convidados

AGENDE SEU EVENTO